(11) 3871-5708 (11) 98718-2191 Segunda - Sexta 08:00 - 18:00 Rua Ponta Porã, 1223 – Alto da Lapa – São Paulo – SP
(11) 3871-5708 (11) 98718-2191 Segunda - Sexta 08:00 - 18:00 Rua Ponta Porã, 1223 – Alto da Lapa – São Paulo – SP
VeiculoGrupo Vidar
Data06/2016
ConsultoriaNutricionista Renata Buzzini

Durante a gestação, por causa das mudanças hormonais, pode haver a queda da imunidade da mulher. A alimentação saudável durante esse período é uma grande aliada, mas é importante lembrar que ela é influenciada, além do consumo de alimentos saudáveis, pela qualidade de vida, horas dormidas, hidratação e genética.

Vamos garantir uma gestação mais saudável com:

Vegetais verdes-escuros (Espinafre, couve-manteiga, rúcula, agrião e etc.)
São fontes de ácido fólico, que participa na formação dos glóbulos brancos (células de defesa); vitamina A; B6 e B12, que contribui para a manutenção das células imunológicas.

  • Cozinhar ao vapor, para ganhar tempo e economizar, vale utilizar a cocção conjunta, ou seja, na panela convencional cozinhar arroz ou feijão ou outro alimento, e acoplar por cima uma panela própria para cozinhar ao vapor ou mesmo um cesto para cocção ao vapor. Isso garante a preservação dos nutrientes do alimento verde.
  • 1 porção = 1 pires de chá todos os dias

 

Alimentos fontes de Vitamina C (acerola, lichia, laranja, limão, kiwi e etc.):aumentam a produção das células de defesa, que agem diretamente no combate de vírus e bactérias.

  • Devem ser espremidos ou cortados no momento do consumo, pois a Vitamina C é facilmente oxidada depois que o fruto é aberto. Perfeito de serem consumidas junto ou próximo às refeições principais.
  • 1 fruta cítrica, no mínimo, por dia

 


Probióticos (iogurte natural e leites fermentados): ajuda na recomposição das bactérias benéficas do intestino, mantendo-o saudável e capaz de absorver de uma maneira mais eficaz as vitaminas e minerais.

  • Quando menos alterada a composição básica do iogurte, melhor, ou seja, se preferir fazer em casa com o fermento lácteo ou kefir.
  • 100 a 150gr ao dia, de preferência longe das refeições principais.

 


Cogumelo Shitake: possui uma substância chamada lentinana, que estimula a produção das células de defesa do organismo (macrófagos e linfócitos), aumentando a imunidade da gestante.

  • Atenção, o ideal é utilizar o cogumelo fresco ou desidratado, de boa procedência.
  • Evite o consumo exagerado na primeira vez que for consumir, para algumas pessoas pode aumentar a frequência de evacuação ou mesmo ser indigesto.

 


 

Castanhas do Pará: por conter selênio, tem grande ação antioxidante, sendo capaz de neutralizar os radicais livres, turbinando o sistema imunológico.

  • Consumir uma ou duas por dia é suficiente para suprir as necessidades diárias de selênio
  • Para variar, podem ser picadas e consumidas no iogurte ou com as frutas, assim aumentam saciedade e dão um toque gourmet.

 


 

Cebola: Contém uma substância chamada quercitina, que é um potencializador do sistema imune.

  • Pode ser consumida refogada com os alimentos ou crua na salada.
  • A cebola roxa dá um toque especial nos legumes cozidos ao vapor quando misturados com azeite extra virgem e pouco sal.

Deixe um Comentário

× Como posso te ajudar?